segunda-feira, 13 de julho de 2015

Voltando a trabalhar na cidade de Assú/RN

No dia 5 de novembro do ano de 2013, usando a tribuna livre da Câmara Municipal, o vereador Arthur Barbosa - PT fez sérias acusações a respeito de minha conduta moral e ética, resultando na instauração de 2 processos judiciais na Comarca de Janduís. Fiz isso porque preferi fazer justiça pela via judicial e não por minhas próprias mãos.
O parlamentar acima citado, não satisfeito, no dia 29 de julho de 2014, se dirigiu a Promotoria de Justiça do nosso Município e me denunciou alegando suposta acumulação indevida de cargos públicos. Repetidas vezes, cheio de ódio se colocava como alguém que "havia feito bem a sociedade porque denunciou o vereador Jozenildo que estava recebendo indevidamente recursos públicos".

Assim sendo, o Ministério Público abriu procedimento investigatório e recomendou que fosse demitido da Prefeitura de Janduís ou de Assú, tirando o sustento meu e de minha família, de forma abrupta, cruel e sem nenhuma cerimônia. O município de Assú atendeu a sugestão do MP e aplicou-me pena de demissão.

Foram dias e meses de muito constrangimento e à espera da verdadeira justiça! Me mantive tranquilo e com a serenidade de quem jamais desconfiou da justiça da terra e de Deus. Enquanto isso, alguns despossuídos de amor ao próximo, sujeitos que apenas querem o mal dos outros, me alfinetavam nas ruas e nas redes sociais. Eles me desejavam a derrota, mas Deus-pai todo poderoso me dizia "filho, te darei vitória!".

O Tribunal de Justiça do RN, através do Desembargador Expedito Ferreira, devolveu-me o direito à reintegração ao cargo público concursado do município de Assú, com as mesmas garantias inerentes ao cargo de Inspetor Escolar, no qual fui investido legalmente. A sensação que tenho é de alívio e lídima JUSTIÇA!

Agradeço a Deus, juiz justo e verdadeiro, ao meu amigo e advogado Alcimar Antonio de Souza, ao amigo Gilberto Jales, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE, pelas orientações, aos meus amigos de perto e de mais distante que nunca me deixaram cair em tentação, à minha família e aos que torceram contra, pois na adversidade é que sabemos distinguir o BEM do MAL.

Por fim, deixo-vos o pensamento do admirável Albert Einstein: "Tudo acontece na hora certa. Tudo acontece, exatamente quando deve acontecer".    

Nenhum comentário:

Postar um comentário