terça-feira, 19 de abril de 2016

Câmara aprova admissibilidade do impeachment da presidente Dilma

Por 367 votos o plenário da Câmara dos Deputados aprovou a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Vana Rousseff - PT, portanto com 25 votos a mais do que o número necessário à instalação do processo no Senado Federal, que fará o julgamento se a gestora cometeu ou não crime de responsabilidade fiscal.
A denúncia foi feita junto a Câmara Federal pelos juristas Miguel Reale Junior (jurista e um dos fundadores do PT) e Janaína Paschoal. Após a aprovação por uma Comissão Especial, em obediência aos trâmites legais, foi levada ao plenário que optou por prosseguir o processo de impedimento da presidente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário