segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Radialista Carlos Dias é morto em Patu

A violência que assola vários municípios da região oeste do Rio Grande do Norte tem, infelizmente, tragado a vida de muitas pessoas. Em menos de 72 horas, três crimes bárbaros aconteceram na cidade de Patu.
Carro crivado de bala no centro de Patu
Na noite de sexta-feira um caçador foi perseguido e assassinado em plena via pública. Hoje pela manhã duas pessoas foram mortas nas proximidades da antiga estação ferroviária de Patu (Praça do Povo).
Carlos Dias e sua esposa Edvânia em recente evento social
Por muito tempo os corpos permaneceram dentro de um veículo. As vítimas foram: Nilson da Oficina e Carlos Dias (comunicador bastante conhecido em toda região). Carlos era servidor público da Companhia de Água e Esgotos do RN - CAERN. 
Carlos Dias nos estúdios da Rádio FM Juventude
Dias atuava ainda como locutor comercial e prestava serviços a algumas Prefeituras da região. Era apresentador de programa de rádio em Messias Targino, cidade na qual apresentava um programa semanal aos sábados na FM Juventude Comunitária 87,9, emissora onde também coordenava o programa institucional da Prefeitura do vizinho Município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário