quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Resposta a Berg Bezerra e Lourinalda Gurgel

O ser humano é extremamente instintivo e age pela emoção, mesmo entendendo que a razão deveria prevalecer diante da hipocrisia e falta de vergonha de alguns des(humanos). Lendo o "compartilhamento" de notas entre Lourinalda Gurgel e Berg Bezerra nas redes sociais, fico a me questionar quem e qual dos dois indivíduos acima espera me atingir com suas insanidades.

Ao Berg quero dizer que nem de longe me considero um parlamentar imprestável. Muito menos o povo de Janduís que democraticamente me concedeu com a graça de Deus dois mandatos para o legislativo municipal. Nunca fui humilhado, chacoteado ou caí no descrédito popular. Agora, presenciei muitas vezes a própria Lourinalda ligando para Joana Darc da Fundação José Augusto do telefone da Prefeitura pedindo para expulsá-lo da Casa da Cultura. Você e a Companhia Ciranduís foram vistos por muito tempo "com maus olhos" pela administração passada. Até a sua chegada ao cargo de presidente da Fundação.

Não afirmei que você estivesse buscando emprego público. Nunca questionei posição política sua ou de alguém de sua família. Muitos membros da Cia Ciranduís já fizeram isso. Inclusive houve um tempo em que alguns membros da referida Cia se afastaram ou foram afastados dela por discordar de algumas posições suas dentro do grupo. Inclusive, muitos fazem (talvez você não saiba) duras críticas e levantam sérios questionamentos a respeito dos recursos que foram investidos no Ponto de Cultura Encenação (A prestação de contas até hoje só foi entregue à FJA, mas apenas uma pequena parcela dos artistas teve acesso ou fez uso dos equipamentos adquiridos).

Não me preocupo com suas críticas vazias, sem fundamento e cheias de "palhaçadas". Para você que não quer engolir ou aceitar, o nosso mandato foi escolhido pelo quarto ano seguido o mais atuante da Câmara Municipal de Janduís, com projetos e iniciativas que contribuem para o desenvolvimento de nossa terra.

À Lourinalda, desafio você provar de que maneira estou querendo apenas o meu bem e o resto que se dane. Primeiro, não cometo ilegalidades e, em segundo plano, se para você as pessoas do nosso Município são resto, para mim, são irmãos e amigos, com os quais convivo diariamente. NUNCA ROUBEI, NUNCA MATEI E NEM TENHO PASSADO SUJO. Trabalho e vivo honestamente. Sou servidor efetivo de dois municípios, passei em concurso público e exerço com dignidade e responsabilidade a missão pública que me foi confiada pelos nossos munícipes.

QUEM CONHECE MUITO BEM A PEÇA SOU EU! Aceite que dói menos. O tempo da chibata, do coronelismo, da falta de humanidade e do respeito ao próximo já passou. Ocupe sua mente lendo bons livros, prestando solidariedade aos que precisam e "rogando com coração puro", sem maldade, pelo bem da nossa cidade. Salve a força do credo! 
 
Para OS DOIS, uma feliz festa de Santa Teresinha. Estou muito bem, obrigado! Em paz e muito grato a DEUS porque meus inimigos estão de pé vendo a minha vitória. Obrigado senhor! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário