terça-feira, 5 de junho de 2018

Prefeito e secretários ficam sem salários até quitar dívida com servidores

O juiz da Vara do Trabalho da Comarca de Macau, Higor Marcelino Sanches, determinou o bloqueio dos salários do prefeito de Macau, Túlio Lemos, e dos secretários da Prefeitura.

O bloqueio foi determinado até o montante de 400 mil reais. A decisão é resultado de ações trabalhistas movidas por mais de 30 funcionários exonerados que ficaram com salários a receber.

“Trabalhadores sem receber suas verbas mais básicas, como salários dos últimos seis meses. A situação chegou a um estado crítico. Determino o imediato bloqueio do valor de R$ 400 mil, já que cada trabalhador tem, em média, um crédito salarial de R$ 15 mil a receber”, escreveu Higor Marcelino em sua decisão.

O alvo foram os salários do prefeito e dos secretários para que não haja prejuízo no funcionamento da Prefeitura.

Fonte: Blog de Thaisa Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário