quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Repercussão da suposta "epidemia" em Janduís

O nosso Município, não diferentemente de outros da região, dispõe de apenas um hospital de pequeno porte para atendimento ambulatorial, pequenas urgências e simples procedimentos médicos. Existe uma equipe do PSF que atende semanalmente na Unidade de Saúde Onézimo Maia, um neuropsicólogo, um pediatra, uma psiquiatra, dentre outros profissionais.

Atendimento de média e alta complexidade é encaminhado para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Logicamente, quando há alteração no quadro clínico de um paciente e o médico do PSF ou plantonista observa a necessidade de encaminhá-lo (a) é porque há necessidade de um tratamento para cura da doença supostamente diagnosticada.

Nesses últimos dias a suposta epidemia do vírus h1n1 em nosso Município tomou proporções in(imagináveis). Ligações e mensagens de toda parte do Brasil para saber se o nosso Município está contaminado com o "vírus da gripe suína". Meu Deus, pai, todo poderoso, afasta de nós este cálice, de notícias ruins...

A Secretaria de Saúde do RN, em conjunto com a Secretaria de Saúde de Janduís, confirmaram que a morte do vereador Fábio foi decorrente de infarto, afastando essa possibilidade. Hoje ou amanhã deve ser anunciada a causa da morte de João de Pita e, se Deus quiser, também não será por esse motivo. A outra paciente que está hospitalizada é Do Carmo Brito, sob cuidados médicos ela passa bem e aguarda alta hospitalar. Vamos às orações e o Senhor irá nos escutar, nos proteger de todo mal e de todo tipo de doença, amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário