sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Câmara realiza audiência pela permanência do Banco Postal

Na manhã de hoje, 11/08, a Câmara Municipal de Janduís realizou no plenário de reuniões uma audiência pública para discutir a permanência dos serviços do banco postal com operação de numerários (pagamentos e saques) na agência dos Correios.
O proponente da audiência foi o vereador Arhur, que contou com a aprovação de todos os parlamentares com assento na Casa Legislativa. Participaram da atividade o gerente local da agência dos correios, senhor Diôgo, o membro do sindicato da mesma empresa, senhor José Roberto, vereadores, sindicalistas, representantes do poder executivo, PDA carnaúba, entre outras organizações da sociedade civil.
Ao se pronunciar, o vereador Jozenildo Morais iniciou parabenizando os advogados e estudantes. Em seguida, frisou que nos últimos tempos a cidade de Janduís teve várias perdas: a retirada da polícia civil, a zona eleitoral, o posto de atendimento do Bradesco e agora estão querendo desativar o banco postal, correspondente do banco do Brasil.

De acordo com as informações apresentadas, o governo federal alega não poder pagar o vigilante armado, o qual garante a segurança dos clientes. O banco postal atualmente está pagando os vencimentos dos servidores municipais, estaduais, aposentados e pensionistas, além de outras transações bancárias. 

A agência dispõe de porta giratória, serviço de vigilância e equipamentos atualizados. A retirada do banco postal de nossa cidade ocasionará o deslocamento das pessoas às cidades vizinhas (Campo Grande ou Patu), pondo em risco sua integridade física, tendo em vista o alto grau de insegurança porque passa a região.

Preocupado com as constantes perdas que têm afetado diretamente a nossa população, o edil lembrou que na próxima segunda-feira estará em audiência no Tribunal de Justiça, continuando a luta pela permanência da Comarca de Justiça, que poderá ser agregada a de Campo Grande por uma decisão do Conselho Nacional de Justiça, avalizada pelo TJ/RN, através de resolução aprovada pelo pleno.

"Estou aqui para me somar aos pares, aos homens e mulheres de bem da nossa Janduís, a fim de evitar que tenhamos tantos prejuízos. Isso é reflexo do desmonte que está sendo feito no nosso pais, atingindo diretamente o povo mais humilde. Juntos somos mais fortes e vamos lutar para que os serviços do banco postal permaneçam, pois a sua saída daqui prejudica a economia do nosso Município", finalizou Jozenildo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário