terça-feira, 15 de novembro de 2011

MANDATO CIDADÃO DO VEREADOR JOZENILDO MORAIS

Visitando a zona rural do município de Janduís no último fim de semana constatamos uma verdade "quase" absoluta. O povo é sábio e sabe o que quer. Embora alguns representantes considerem-se únicos líderes, existe no sentimento da população o desejo de construir alternativas de poder, alheias àquelas que pensam estar na melhor das situações, fazendo todo tipo de acordo e divulgando a chegada de recursos públicos que são do povo e para o povo, vindos do governo federal, como sendo seus.
A VOZ DE JANDUÍS
O mais impressionante é alguém pensar que reivindicar interesses públicos é algo particular, privativo, quando na verdade é uma função do representante do povo que, independente de partido ou área de atuação, pode e deve fazer.

Graças a DEUS e ao POVO de Janduís, da cidade e da zona rural, fomos eleitos para um mandato de quatro anos para defender os nossos munícipes. Com satisfação e humildade, recebemos informações de enquete de aferição de opinião pública em que aponta nosso mandato como um dos mais atuantes e bem avaliados na Câmara.

O nosso mandato apresentou e foram aprovadas duas indicações ao Governo do Estado (As indicações e os ofícios do Governo respondendo positivamente às proposições estão no nosso Gabinete), uma solicitando a inclusão do Georreferenciamento das propriedades rurais e outra, requisitando a realização da Central do Cidadão Itinerante.

Além de fiscalizar as ações do poder público e legislar em prol do desenvolvimento do Município, não estamos fazendo mais do que a nossa obrigação pleitear junto aos governos (Municipal, Estadual e Federal), bem como mediante outras entidades  não-governamentais, ações e projetos para nossa cidade. Ficaremos no aguardo do atendimento dessas solicitações em benefício dos que mais precisam.

Por fim, em respeito aos cidadãos da cidade e da zona rural, jamais ficaremos trocando farpas ou opiniões com pessoas que há bem pouco tempo eram feridas/agredidas publicamente e hoje se juntam aos seus algozes em troca de uma pré-candidatura majoritária, sem ao menos ter certeza de que serão vitoriosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário