quinta-feira, 19 de maio de 2011

INOVANDO A CONSTRUÇÃO DO SABER

O professor de Cultura do RN, Josivan Rhuann, aproveitou a deixa do dia 18 de maio para trabalhar com seus estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Professor Aluízio Gurgel, de uma forma bem inovadora. Em plena área de recreação da escola, muma roda de discussão, o professor realizou na tarde de ontem uma aula em que a partir dos conhecimentos prévios dos educandos se diagnosticou os muitos tipos de violência cometidos contra crianças e adolescentes.                                                              Fotos do celular
Foi realizada uma dinâmica de sala de aula, os grupos fizeram numa folha de papel ofício uma seleção de tipos de violência, destacando também onde era mais comum a ocorrência dos mesmos. Os estudantes acompanharam uma música relacionada ao assunto e em seguida foi  feito um diálogo. O curioso é que além de discutir o abuso infantil, os estudantes demonstraram preocupação com o alto índice de comercialização e consumo de drogas no Município.
Na nossa sociedade, a discriminação racial está presente e junto com a questão social se constitui um crime violento que muitas vezes passa despercebido. "Eles ficaram empolgados, participaram ativamente da aula e construímos um saber diferente", frisou o professor Rhuann. Com essa iniciativa, a escola constrói um espaço de debate com a comunidade escolar (família & escola) e sociedade civil para se discutir esses problemas que envolvem diretamente os nossos jovens, propondo mudanças urgentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário